Banner de anúncio dentro de posts(topo)

Fazenda da Esperança

Fazenda da Esperança realiza sua XVI Festa de São Francisco para a Juventude



A Festa de São Francisco para a Juventude em Coroatá, teve sua primeira edição no ano de 2012.
Sua XVI edição será realizada no  domingo, 18 de novembro de 2018. Apartir das 8h30min acontecerá em sua sede em Coroatá, localizada no bairro da Maçaranduba. .
A programação contará com teatro, danças, testemunhos de jovens que se recuperaram da dependência química, muita música, missa e evangelização, além da participação da Pastoral da juventude que este ano realizará seu DNJ dentro da Festa de São Francisco para a Juventude. Estão confirmadas também caravanas de várias paróquias e Dioceses do Maranhão e caravanas de São Luís e municípios do Maranhão. 
Conheça um pouco da história de São Francisco, que você verá em teatro e música, desenvolvida pelos jovens do Centro Feminino e do Centro Masculino de Coroatá.








Francisco era o líder da juventude de sua cidade. Alegre, amante da música e das festas, com muito dinheiro para gastar, tornou-se rapidamente um ídolo entre seus companheiros. Adorava banquetes, noitadas de diversão e cantar serenatas para as belas damas de sua cidade.
A Itália, como toda a Europa daquela época, vivia uma fase bastante conflituosa de sua história, marcada pela passagem do sistema feudal (baseado na estabilidade, na servidão e nas relações desiguais entre vassalos e suseranos) para o sistema burguês, com o surgimento das ‘comunas’ livres (pequenas cidades).
Eram freqüentes, nesta época, guerras e batalhas entre os senhores feudais e as emergentes comunas. Como todo jovem ambicioso de sua época, Francisco desejava conquistar, além da fortuna, também a fama e o título de nobreza. Para tal, fazia-se necessário tornar-se herói em uma dessas freqüentes batalhas. No ano de 1201, incentivado por seu pai, que também ansiava pela fama e nobreza, Francisco partiu para mais uma guerra que os senhores feudais, baseados na vizinha cidade de Perúsia, haviam declarado contra a Comuna de Assis.
Durante os combates, em uma tarde de inverno, Francisco caiu prisioneiro, sendo levado para a prisão de Perúsia, onde permaneceu longos e gelados meses. Para um jovem cheio de vida como ele, a inércia da prisão deve ter sido especialmente dolorosa. Somente seu espírito alegre, seu temperamento descontraído e seu gosto pela música o salvaram do desespero. Encontrava ainda forças para reconfortar e reanimar a seus companheiros de infortúnio.
Costumava dizer, em tom de brincadeira para seus companheiros: ‘Como quereis que eu fique triste, sabendo que grandes coisas me esperam? O mundo inteiro ainda falará de mim!’
Ao término de um ano foi solto da prisão, retornando para Assis, onde se entregou novamente aos saudosos divertimentos da juventude e às atividades na casa comercial de seu pai.

Fonte do texto: Canção Nova

Um comentário:

  1. Quero receber todos os dias,o Evangelho, através deste aplicativo.

    ResponderExcluir

Banner abaixo da matéria