Banner de anúncio dentro de posts(topo)

57ª Assembléia Geral da CNBBDioceseDom Sebastião BandeiraParóquia

Dom Sebastião Bandeira, é eleito Presidente do Regional Nordeste 5 da CNBB-MA


A diocese de Coroatá, mais especificamente a Paróquia Nossa Senhora da Piedade em Coroatá, recebe com grande jubilo a noticia da eleição de Dom Sebastião Bandeira Coelho, Bispo desta Diocese, para o quadriênio 2019-2023, para a Presidência do regional Nordeste 5 da CNBB, eleito no fim desta tarde 09 de maio na 57ª Assembleia Geral da CNBB. A nova presidência do regional Nordeste 5, é composta por: Presidente: Dom Sebastião Bandeira, Vice: Dom Esmeraldo Barreto, Secretario: Dom Rubival Cabral Brito. Dom Sebastião Bandeira, substitui o arcebispo de São Luis Dom José Belisário, que presidiu até então o regional. Com grande júbilo, alegria e gratidão cristã, regozijamo-nos, com esta notícia. Que Deus o ajude e de forças para  conduzir este rebanho. 


Quem é Dom Sebastião? 



Dom Sebastião Bandeira Coelho, Nascimento: 31 de janeiro de 1959 (idade 60 anos). Estudou Filosofia e Teologia no Instituto de Ciências Religiosas de Fortaleza.  Foi ordenado sacerdote aos 27 de julho de 1984 assumindo o cargo paroquial. Nomeação episcopal: 22 de dezembro de 2004, Lema episcopal: COMMUNIO ET SPES; Comunhão e Esperança, Ordenação episcopal: 12 de março de 2005; por Dom Gianfranco Masserdotti, M.C.C.I. Foi Bispo Auxiliar da Arquidiocese de Manaus.  Foi nomeado Bispo Coadjutor Diocese de Coroatá Maranhão.  Chegando em Coroatá em 2010, como bispo auxiliar de Dom Reinaldo Punder. Nomeado para a diocese de Coroatá em  16 de janeiro de 2011, Predecessor - Dom Reinaldo Pünder.

Na foto abaixo Dom Sebastião Bandeira é o 6º na ordem direita para esquerda ao lado de Dom Belisário.
Bispos do Regional Nordeste 5
Foto: enviada por Dom Élio




















Redação da PASCOM CATEDRAL
Texto: Auzenir Silva e João Israel 
Fonte: Google

Um comentário:

  1. Que o Papa Francisco quis dizer que aprova união civil de pessoas do mesmo sexo? Que vivam os homossexuais como irmãos ou que podem praticar sexo? O Papa deixa dúvidas que precisam ser bem esclarecidas. Os bispos e todo clero têm que estar prontos a fim esclarecer está dúvida para todos os fiéis católicos. O Catecismo da Igreja Católica expõem isto de maneira bem clara: “art. 2359 — As pessoas homossexuais são chamadas à castidade. Pelas virtudes do autodomínio, educadoras da liberdade interior, às vezes pelo apoio d'uma amizade desinteressada, pela oração e pela graça sacramental, podem e devem se aproximar, gradual e resolutamente, da perfeição cristã.” Se lê na Bíblia, na Sagrada Escritura: Levíticos: 20,13 – “Se um homem deitar com um homem como se fosse uma mulher, serão ambos condenados à morte às mortes, pois fizeram uma coisa abominável: seu sangue cairá sobre eles.” — “1Cor 6,9 – Ou não sabeis que os injustos não terão parte no Reino de Deus? Não vos enganeis! Nem os impudicos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os depravados, nem os homossexuais,... terão parte no Reino de Deus” No seu argumento o Papa Francisco não deixa claro como devem se comportar os homossexuais; ai pairam dúvidas que tinham que ser obrigatoriamente esclarecidas por ele. A natureza não é perfeita, desgraçadamente algumas pessoas nascem cegas, outras surdos mudas, outras faltando uns dos membros, outras nascem com corpo masculino e mente feminina e vice-versa, são anomalias da natureza. A vagina tem duas funções; uma para procriação e outra para urinar enquanto que o ânus se presta unicamente para expelir fezes. José Carlos de Castro Rios - castroriosjosecarlos@gmail.com/

    ResponderExcluir

Banner abaixo da matéria