Banner de anúncio dentro de posts(topo)

Natal

Advento: Preparação para a chegada de Jesus Cristo


Imagem da internet meramente ilustrativa

Advento: Preparação para a chegada de Jesus Cristo

A Igreja se prepara para a chegada do Salvador. Estamos vivendo o tempo do Advento, tempo propício de preparação, que antecede o Natal do Senhor. A palavra “Adventus”, do latim, era usada por ocasião da vinda de Jesus Cristo. Advento (do latim Adventus: "chegada"). Para os cristãos, é um tempo de preparação e alegria, de expectativa, onde os fiéis, esperando o Nascimento de Jesus Cristo , vivem o arrependimento e promovem a fraternidade e a Paz. Com o advento inicia-se o novo ano litúrgico, e a partir de 02 de dezembro de 2018, primeiro domingo do advento, o ano litúrgico de 2019 traz o ciclo de Leituras do Ano C, marcado pela leitura predominante do evangelho de São Lucas.   
São quatro domingos no período do advento que a liturgia celebra a “vinda do Senhor” que chega com humildade, simplicidade, mas também de forma gloriosa. O advento é um tempo de profunda espiritualidade, tempo de busca da paz interior, do silêncio, também de escuta, de vigilância e Esperança de um novo tempo com a chegada Jesus Cristo. Portanto a cada domingo somos convidados a reflexão de temas que nos ajudarão a preparar a Vinda do Senhor. Na primeira semana somos convidados a  ter uma atitude de vigilância, ser vigilante consiste em estar atento aos sinais de Deus em nossa vida, que se manifestam no nosso dia a dia, e ser comprometido com Jesus e com o Reino que Ele veio anunciar. “Sejam sóbrios e fiquem de prontidão” (1Pd 5,8-9). Na segunda somos convidados a nos preparar para a grande chegada. Chega até nós, através de João Batista, um forte apelo de conversão, de preparar o caminho do Senhor, Preparem o caminho do Senhor, endireitem suas estradas!” (Mt 3,2-3). Na terceira o convite é para nos alegrar,  pois o menino Jesus esta chegando, é o domingo da alegria: "Alegrai-vos sempre no Senhor. Repito: alegrai-vos!" (Fl 4,4), e, na quarta semana refletimos sobre o mistério da “Encarnação”; Deus envia seu Filho, escolhe Maria para dar a luz ao Salvador: “Vejam: a virgem conceberá e dará à luz um filho. Ele será chamado pelo nome de Emanuel, que quer dizer: Deus está conosco” (Mt 1,23).
Temos nesta época conteúdos de fé e tradições católicas que promovem a alegria, causada pelas dádivas de Deus relacionadas ao nascimento de Jesus e pela expectativa de uma ação salvadora plena que ainda vai chegar, neste caso uma antecipação da grande alegria vindoura.
A cor roxa: no advento significa recolhimento....preparando os caminhos do Senhor;
A cor rosa: usada no 3º domingo (Domingo da Alegria), simboliza a alegria e a expectativa do encontro com Cristo;
Coroa de Advento: A coroa de Advento é feita com ramos verdes, geralmente envolvida por uma fita vermelha e nela 4 velas são afixadas. Ela simboliza e comunica que naquela Igreja, casa, escritório ou qualquer espaço em que ela esteja vivem pessoas que se preparam com alegria para celebrar a vinda de Deus ao mundo, o Natal.
O círculo da coroa: Simboliza a nova aliança de Deus com a humanidade. Esta nova aliança é celebrada no sacramento da Santa Ceia. Ao círculo da coroa pode ser relacionado também a coroa de espinhos colocada na cabeça de Jesus naquela semana em que foi crucificado, a nova aliança foi feita pelo Jesus negado e rejeitado, com humildade e doação.
Os ramos verdes: Os ramos mesmo cortados permanecem verdes por semanas: comunicam a esperança, uma esperança que leva a perseverança, uma entrega total da vida a Deus.
A fita vermelha: A cor vermelha na tradição litúrgica está ligada à cor do fogo e do sangue. Simboliza a cor da vida, do amor e ao mesmo tempo do derramamento do sangue, sacrifício. A nova aliança de Deus com a humanidade foi feita com amor, doação, sacrifício e trouxe a vida plena e eterna.
As quatro velas: Uma vela para cada domingo que antecede ao dia 25 de dezembro. Alguns registros históricos contam que a coroa de Advento surgiu em uma instituição que abrigava crianças pobres. Inicialmente ela continha entre 22 a 28 velas, uma para cada dia do tempo de advento. Devido aos custos diminuiu-se o número de velas.
As velas da coroa são acesas (a cada domingo mais uma), para iluminar a vigília do Advento, a preparação para vinda da luz ao mundo. Simboliza que Jesus Cristo é a luz do mundo. Comunica a alegria da vida que procede de Deus, aquela que vai além dos limites que a vida no mundo impõe.
Somente se nos prepararmos e procurarmos vivenciar profundamente os elementos de cada Domingo do Advento, o nascimento do Salvador terá um sentido concreto em nossa vida e não será uma mera lembrança de um fato histórico.

Fontes:

Redação: 
Pesquisa e Texto: Auzenir Silva - PASCOM DE COROATÁ

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Banner abaixo da matéria